Concurso Cem anos - 100 palavras

Acesse outros concursos

No ano do Centenário, a Universidade do Porto lança um desafio à criatividade, ao sintetismo e à imaginação de toda a comunidade: escrever um micro-conto de ficção com apenas 100 palavras e tendo como tema algum aspecto relacionado com a U.Porto.

Aberto a qualquer pessoa maior de idade, independentemente de pertencer ou não à comunidade académica da U.Porto, esta iniciativa vai distribuir prémios monetários pelos autores dos três melhores micro-contos. Os melhores 100 micro-contos serão reunidos e publicados em livro, a lançar no dia 15 de Dezembro de 2011, na cerimónia pública de entrega dos prémios.

Todos os interessados deverão submeter a respectiva candidatura nos moldes definidos pelo Regulamento do Concurso.


REGULAMENTO

Quanto pesa ou vale uma palavra? Todas as palavras têm a sua importância ainda que esta possa ser diferenciada. 1000 palavras VAL€M ou PKSAM mais do que 100? Não necessariamente. Dá Substância e poder às palavras o modo como se ligam em frases pertinentes, sensíveis, sugestivas. 100 boas palavras podem ser mais ricas, substanciais e fecundas do que 1000.

A Universidade do Porto faz cem anos. Vamos comemorar, celebrar com inúmeros eventos e desafios. Um deles implica um desafio à criatividade, ao sintetismo, à imaginação: escrever um micro-conto de ficção com apenas 100 palavras. Tantas quantas tem esta pequena introdução.


INSTITUIÇÃO E FINALIDADE

1. A Comissão Organizadora das Celebrações do Centenário da Universidade do Porto lança, de Abril a Setembro de 2011, um Concurso Literário de micro-contos intitulado “Cem Anos – 100 Palavras”.

2. Serão premiados os três melhores micro-contos e serão atribuídas menções honrosas.

3. Os melhores 100 micro-contos serão reunidos e publicados em livro, a lançar no dia 15 de Dezembro de 2011, na cerimónia pública de entrega dos prémios.


DESTINATÁRIOS

1. Este concurso está aberto a qualquer pessoa maior de idade, independentemente de pertencer ou não à comunidade académica da Universidade do Porto.

2. O concorrente é obrigado a respeitar o Regulamento deste concurso e aceitar as decisões tomadas pelo Júri. Não haverá direito a recurso da decisão do Júri.

3. O concorrente garante por declaração expressa que o(s) texto(s) a concurso é (são) da sua autoria e que a sua publicação não infringe quaisquer direitos de autor.

4. O concorrente prescinde de quaisquer direitos de autor caso um dos micro-contos de que seja autor venha a ser seleccionado para publicação.

site literário conto Revista literária benfazeja
Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!


REGRAS DO CONCURSO

1. São admitidos exclusivamente textos inéditos escritos em português.

2. Os micro-contos a concurso deverão obedecer às seguintes características:
2.1 Devem ter um título que não poderá exceder a 10 palavras.
2.2 Devem estar relacionados, de alguma forma, com a U.Porto porque o seu tema, a sua acção ou os seus personagens têm que ver com ela. Podem desenrolar-se em qualquer momento da História da U.Porto.
2.3 Devem ser micro-narrativas (de ficção) excluindo portanto as modalidades de ensaio, poema ou pensamento, entre outros. Como tal, devem possuir quatro elementos essenciais: a) espaço ou cenário; b) uma ou mais personagens; c) acção e d) resolução.
2.4 Devem ter 100 palavras, em número certo, sendo de notar que:

a) Os artigos, as preposições, as conjunções, os pronomes e as interjeições valem como palavras.
b) As palavras compostas hifenizadas contam-se como uma palavra única. Por exemplo, “Vestido azul-escuro” são 2 palavras. “Couve-flor” conta como uma palavra, tal como “anti-herói” ou “pré-história”.
c) As contracções contam como uma única palavra. Por exemplo, “Precisou apenas de uma observação” tem 5 palavras, mas ”Precisou apenas duma observação” tem somente 4 palavras.
d) As iniciais contam como palavras (Ruben A., são duas palavras), pois são abreviaturas de uma palavra completa.
e) Os acrónimos (por exemplo, NASA, IBM, ICBAS, FLUP, etc) são considerados como palavras, uma vez que identificam uma entidade/realidade.
f) Os números contam como palavras, tanto na forma de número (romano ou árabe: 8, 29 ou 1984, ou VIII, X ou MCMCMIX) como na forma de cardinal (oito, vinte e nove, etc). Porém, não esquecer que “29” é uma palavra mas “vinte e nove” já são 3.
g) O título do micro-conto não conta para a soma das palavras.
h) Os sinais de pontuação não contam como palavras.

IMPORTANTE: O não cumprimento do prescrito no número anterior, em todas as suas alíneas, implica a exclusão do texto a concurso.

PRAZOS
1. O concurso abre em Abril de 2011 (com a publicação do Regulamento do Concurso no site do Centenário da U.Porto (http://centenário.up.pt) e fecha no dia 30 de Setembro de 2011.

2. Os prémios serão entregues aos vencedores em Dezembro de 2011, na cerimónia de lançamento do livro.


RECEPÇÃO DE CANDIDATURAS

1. As obras a concurso (assinadas com um pseudónimo) deverão ser entregues em envelope fechado na Reitoria da U.Porto em mão, ou enviados por correio postal para “Concurso Cem Anos – 100 Palavras” para a Reitoria da Universidade do Porto (Praça Gomes Teixeira, 4099-002 Porto) com inscrição do pseudónimo no espaço destinado ao remetente. O interior do envelope deverá conter, para além da obra a concurso, um outro envelope fechado com os seguintes dados pessoais do autor: fotocópia de cartão de identificação, morada, profissão, telefone, e-mail.

2. As obras a concurso (assinadas com um pseudónimo) poderão ser entregues igualmente via online, através do site do Centenário da Universidade do Porto ((http://centenario.up.pt/concurso_100palavras.php), com obrigatoriedade do preenchimento dos campos de identificação pessoal.

3. Não serão aceites trabalhos cuja data de entrega na Reitoria da U.Porto, a data do carimbo dos correios ou a data de entrada no website seja posterior à data limite de 30 de Setembro de 2011.

4. As propostas enviadas por correio postal ou entregues em mão na Reitoria da U.Porto serão encaminhadas internamente para o secretariado do concurso, sendo-lhes atribuído o número de entrada correspondente.

5. Os trabalhos inseridos no website serão impressos e colocados num envelope em branco com o número de entrada atribuído.

6. No texto a concurso (em papel ou em formato electrónico), não poderá constar qualquer indicação sobre o participante, sob pena de este vir a ser excluído.

7. Cada participante pode enviar o número de contos que quiser desde que separadamente.

8. A Organização do concurso reserva-se o direito de recusar os trabalhos que não obedeçam às regras estabelecidas no presente regulamento ou cujo conteúdo viole as normas gerais de ética da instituição.

JÚRI

1. Para efeito da atribuição dos prémios é constituído um Júri composto por cinco membros:
Francisco Ribeiro da Silva
Fernando Guimarães
Arnaldo Saraiva
Manuel António Pina
Carlos Magno

2. As deliberações do Júri são tomadas por maioria.


APURAMENTO E PRÉMIO

1. Será atribuído um Primeiro Prémio no valor de 1000€ para o vencedor, um Segundo Prémio no valor de 750€ e um Terceiro Prémio no valor de 500€.

2. Caso o Júri assim o entenda, serão atribuídas Menções Honrosas.

3. Os micro-contos premiados e contemplados com menções honrosas constarão do livro a editar. Do livro farão parte outros micro-contos a designar pelo Júri.

4. Os concorrentes premiados terão direito a cinco exemplares do livro. Os concorrentes contemplados com menções honrosas terão direito a dois exemplares do livro. Os outros autores cujos micro-contos forem seleccionados para constarem do livro a publicar terão direito a um exemplar da obra editada.

5. O Júri reserva-se o direito de não atribuir qualquer dos prémios ou menções honrosas se considerar que os micro-contos a concurso não têm qualidade.

6. A Comissão Organizadora das Celebrações do Centenário da Universidade do Porto reserva-se o direito de não publicar o livro se o Júri do Concurso considerar que não existe um número mínimo de cem micro-contos com qualidade para publicação.

7. O Júri decidirá sobre os casos omissos neste Regulamento.


Fonte:
inscrição on-line
Regulamento



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário