Concurso Literário e Artístico “Cidade De São Luís”

Acesse outros concursos

EDIÇÃO 2011

A Prefeitura de São Luís, através da Fundação Municipal de Cultura – FUNC, atendendo o que rege a Lei Municipal nº 560, de 03/09/1995 e objetivando descobrir, divulgar e premiar valores artísticos e culturais do Maranhão abrirá inscrições no período de 11 de julho a 31 de agosto de 2011 para o 34º Concurso Literário e Artístico “Cidade de São Luís”, cujas normas se encontram neste Regulamento.

1 – DOS PARTICIPANTES

1.1 – O Concurso Literário e Artístico ”Cidade de São Luís” é de caráter competitivo e classificatório, aberto a 6 (seis) gêneros artísticos e literários de obras inéditas (exceção para os trabalhos de jornalismo) em língua portuguesa de autores maranhenses ou comprovadamente radicados a pelo menos 1 (um) ano no Estado.

1.2 – A participação no concurso é gratuita e aberta aos escritores, jornalistas, intelectuais, estudantes e pesquisadores maranhenses, maiores de 18 anos, que apresentem trabalhos originais dirigidos ao público infantojuvenil ou adulto.

2 – DAS CATEGORIAS

O Concurso Literário e Artístico “Cidade de São Luís” terão as seguintes categorias e prêmios, assim distribuídos:

2.1 – Prêmio Aluízio Azevedo: para obra
de ficção compreendendo novelas, romances, contos, peça teatral e literatura
infantil;

2.2 – Prêmio Antonio Lopes: para obra de
erudição, compreendendo crítica literária e pesquisa folclórica;

2.3 – Prêmio Sousândrade: para livro de poesia;

2.4 – Prêmio Zaque Pedro: para obra literária na área das artes plásticas, que resgate a memória de artistas, obras ou movimentos artísticos maranhenses;

2.5 – Prêmio Inácio Cunha: para obra literária na área musical, que resgate a memória de artistas maranhenses;

2.6 – Prêmio para Jornalismo: para trabalho de jornalismo impresso.

3 – DAS CONDIÇÕES

3.1 – Funcionários da Fundação Municipal de Cultura, os órgãos que compõem a sua estrutura administrativa, os membros da Comissão Julgadora bem como seus parentes em primeiro grau não poderão participar do presente Concurso.

4 – NORMAS

4.1 – As obras inscritas no Concurso deverão ser inéditas e escritas em língua portuguesa, em papel modelo A4, digitadas com espaçamento 1,5 (entre linhas); com o número máximo de 200 (duzentas) laudas, encadernadas com identificação do autor feita através de pseudônimo, incluindo o título da obra.

4.2 – Entende-se por inédito a obra não editada e não publicada, parcialmente ou em sua totalidade, em antologias, coletâneas, suplementos literários, jornais, revistas, sites e publicações do gênero.

4.3 – Caso haja qualquer ilustração, a cópia deverá ser anexada aos originais da obra no ato da inscrição.

4.4 – A cada categoria inscrita, o concorrente deverá apresentar 3 (três) vias de cada obra.

4.5 – O concorrente deverá anexar a cada obra inscrita um envelope pequeno lacrado contendo na parte interna o nome da obra e os dados pessoais do autor (nome, endereço, RG, e CPF) para identificação após julgamento.

4.6 – Por este Regulamento também poderão ser inscritos trabalhos monográficos de conclusão de curso, artigos científicos.

4.7 – ÁREA DE JORNALISMO

4.7.1 – Os trabalhos inscritos deverão ser sobre a área cultural maranhense e ter sido comprovadamente apresentados em qualquer setor das atividades jornalísticas até a data de encerramento do período de inscrição.

4.8 – Cada candidato só poderá concorrer apenas com uma obra.

site literário conto Revista literária benfazeja
Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!


5 – DAS INSCRIÇÕES

5.1 – As inscrições terão início no dia 11 de julho de 2011 e encerrarão no dia 31 de agosto de 2011.

5.2 – As inscrições serão feitas na Fundação Municipal de Cultura, na Casa dos Blocos Tradicionais, situada à Rua Isaac Martins, 141 – Centro, próxima à Fonte do Ribeirão e à sede da FUNC, no horário das 14h às 18h, de segunda a quinta-feira, mediante entrega de trabalhos com o devido preenchimento da ficha de inscrição, conforme as regras deste regulamento.

5.3 – As inscrições feitas por terceiros só poderão ser realizadas mediante procuração do autor registrada em cartório.


6 – DA SELEÇÃO

6.1 – O Concurso terá uma comissão julgadora composta por 3 (três) membros para cada categoria a ser julgada, de reconhecida competência intelectual e artística.

6.2 – A comissão obedecerá aos critérios estabelecidos anteriormente pela Fundação Municipal de Cultura para julgamento das obras.

6.3 – É de competência da Fundação Municipal de Cultura indicar os candidatos a membros da Comissão Julgadora.

6.4 – A Comissão terá no máximo 60 (sessenta) dias para o julgamento das obras, a partir do término do período de inscrições.


7 – DA PREMIAÇÃO

7.1 – O concurso terá como premiação a concessão de certificados; um prêmio para cada categoria no valor de R$ 5.450,00 (cinco mil, quatrocentos e cinquenta reais) e publicação das obras contempladas em primeiro lugar.

7.2 – A Comissão Julgadora poderá ainda conceder menção honrosa aos estilos literários que não forem contemplados dentro de suas categorias; assim como poderá viabilizar a publicação de obras recomendadas pelo júri técnico, desde que haja disponibilidade de recursos financeiros para essa finalidade.


8 – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

8.1 – Feito julgamento e proclamados os vencedores, os prêmios serão entregues em data a ser refinida pela coordenação do evento, com divulgação na imprensa local.

8.2 – Todos os trabalhos premiados pertencerão ao arquivo da Fundação Municipal de Cultura – FUNC, sendo tombados pelo setor competente da Instituição, o que não impede o uso da obra para reproduções por parte do autor e por parte da FUNC.

8.3 – A inscrição do candidato implicará na aceitação plena do presente Regulamento.

8.4 – O prazo máximo para a devolução dos trabalhos de literatura não classificados é de 30 (trinta) dias a partir da divulgação do resultado bem como da entrega dos certificados é de 40 (quarenta) dias a partir da data da premiação.

8.5 – As despesas para aplicação deste Regulamento ocorrerão por conta de verba própria consignada no orçamento da Fundação Municipal de Cultura – FUNC.

8.6 – O Concurso terá uma coordenação designada pelo Presidente da Fundação Municipal de Cultura e constituída por técnicos da Fundação.

8.7 – A Fundação Municipal de Cultura reserva-se do direito de não realizar o julgamento e, consequentemente, a premiação das categorias que apresentarem número de inscrições inferior a três.

São Luís, 06 de julho de 2011.

Euclides Moreira Neto

Presidente da FUNC


Fonte: Fundação Municipal de Cultura – FUNC



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário