7º Concurso de Haicai Masuda Goga


A Associação Cultural Nikkei Bungaku do Brasil, em parceria com o Grêmio Haicai Ipê, promove o 7º CONCURSO DE HAICAI “MASUDA GOGA”, aberto ao público em geral, com o objetivo de divulgar o haicai.

Masuda Goga (1911-2008) foi mestre de haicai em japonês e português. Jornalista, escritor e artista plástico, foi um dos fundadores, em 1987, do Grêmio Haicai Ipê. Em 2004, recebeu o “Masaoka Shiki International Haiku Prize”, por seu esforço na divulgação do haicai no Brasil. Como forma de celebrar sua memória, foi instituído o Concurso de Haicai “Masuda Goga”.



1. Definição de Categorias

Infanto-juvenil: participantes com idade inferior a 15 anos
Adulto: maiores de 15 anos


2. Condições de participação

A simples participação no concurso implica na aceitação das condições aqui estabelecidas.

Cada participante poderá inscrever apenas um haicai, inédito e de sua própria autoria.

Para os efeitos deste concurso, entende-se por haicai o poema, sem título, estruturado em três versos de aproximadamente 5, 7, 5 pés métricos. O tema escolhido deve constar, obrigatoriamente, de um dos versos.

Os trabalhos devem ser escritos em língua portuguesa.

Com a devida citação de autoria, os participantes autorizam os organizadores a fazerem uso dos trabalhos apresentados na divulgação de eventos futuros sem valor comercial.

Fica vedada a participação de membros do Grêmio Haicai Ipê ou da Associação Cultural Nikkei Bungaku do Brasil, organizadores do concurso.

Os trabalhos inscritos não serão devolvidos.


3. Temas

O tema do 7º Concurso de Haicai Masuda Goga é “Coruja”. Esta palavra deve constar obrigatoriamente no texto do haicai.



4. Inscrição

Os trabalhos deverão ser inscritos exclusivamente por via postal.

Instruções: Em uma folha branca, tamanho A4, imprima ou datilografe o haicai. No rodapé da folha, informe seu nome, categoria (infanto-juvenil ou adulto), endereço postal, telefone para contato e email. Coloque em um envelope e envie para:

Nikkei Bungaku do Brasil
A/C 7º Concurso Masuda Goga
Rua Vergueiro, 819, sala 2
São Paulo, SP
01504-001



5. Prazo de entrega

O prazo para entrega dos trabalhos encerra-se no dia 29 de agosto de 2014, valendo como prova de cumprimento de prazo o carimbo dos Correios.


6. Seleção e julgamento

Os haicais serão avaliados por uma comissão julgadora composta por membros do Grêmio Haicai Ipê.

Os melhores trabalhos serão classificados até o 5º lugar em cada uma das categorias.

A decisão da comissão julgadora é irrecorrível.


7. Premiação e Divulgação

Cada classificado receberá, como prêmio, um diploma e um exemplar da revista Brasil Nikkei Bungaku.
Os resultados serão divulgados pela internet, a partir de 15 de outubro de 2014, nos endereços www.nikkeibungaku.org.br e www.kakinet.com/bnb.

Os classificados serão avisados após a data acima, preferencialmente por e-mail.
A cerimônia de premiação será realizada na cidade de São Paulo, em dia, horário e local a serem estabelecidos posteriormente.


8. Informações
Pelo email bnb@kakinet.com



Sobre a Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil


Fundada em 1966, a Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil (www.nikkeibungaku.org.br) é uma entidade sem fins lucrativos, cujo objetivo original era a promoção da literatura em língua japonesa produzida no Brasil. Recentemente, almejando uma maior participação da sociedade brasileira, passou a promover também a literatura escrita em língua portuguesa. Publica, com três edições por ano, a revista Brasil Nikkei Bungaku, onde divulga trabalhos em prosa e poesia de seus colaboradores, em japonês e português. Tem sede em São Paulo.



Sobre o Grêmio Haicai Ipê


Fundado em 1987, o Grêmio Haicai Ipê (www.kakinet.com/ipe) é a primeira associação de poetas brasileiros dedicada a estudar e praticar o haicai, pequeno poema de origem japonesa. Tem sede em São Paulo, onde se reúne mensalmente. Seus membros participam ativamente de iniciativas de promoção e divulgação do haicai em língua portuguesa, assim como da tradução e do estudo do haicai japonês.

*

Fonte: Nikkei Bungaku


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário